30/05/2007

Noite quase perfeita em Ídolos

Top 32: Terceiro grupo agradou os jurados
.

No programa de hoje o Brasil curtiu as apresentações do terceiro grupo de semifinalistas do Top 32. Foram oito meninas que cantaram no programa para conquistar o voto do público de casa: Shirley Carvalho, Dany Vega, Mari Rocha, Bárbara Amorim, Gisele Midian, Julie Philippe, Thaeme Marioto e Lenny Bellard..

A primeira a mostrar seu talento foi Shirley Carvalho, com “É Isso Aí”. Ela foi unanimemente elogiada pelos jurados e chegou até mesmo ouvir de Arnaldo Saccomani a seguinte frase: “Vou dizer o óbvio: No Top 12, Shirley e mais onze”.

Logo depois, foi a vez da baiana Mari Rocha cantar “Quando A Chuva Passar” e emocionar o júri do Ídolos apesar de algumas críticas quanto a escolha da música. “Você mostrou que é uma das candidatas mais bem preparadas. Você deu uma aula”, disse Thomas Roth. Mari abusou dos falsetes e, apesar das firulas americanizadas que tanto desagradam aos jurados, mandou bem.

Dany Vega, de 21 anos, cantou “Jeito Sexy” e foi criticada tanto pelo repertório, quanto pela falta de atitude: “A apresentação foi correta, mas você precisa de mais do que isso”, disse Miranda. Em uma noite que começou com excelente nível, sua apresentação em seguida de Shirley e Mari deixou Dany em desvantagem.

Em seguida, Bárbara Amorim também não conseguiu dar o seu melhor com “Se Quiser”: “Você é uma boa cantora, mas não passou nada para o público”, lamentou Cyz. Miranda comparou sua apresentação com um dramalhão mexicano.

A paulistana Gisele Midian interpretou “Balança Pema” e agradou muito os jurados: “Você arrasou, mandou bem demais”, disse o durão Miranda.

Quem veio logo em seguida foi Julie Philippe, que apesar de mandar bem com “Gostava Tanto de Você”, não conseguiu controlar seu nervosismo, mas teve uma ajudinha da Cyz: “Espero que o Brasil releve esta sua apresentação”.

Com a música “Me Chama”, Thaeme Marioto dividiu opiniões. Enquanto Arnaldo afirmou que ela teria que estar entre as três aprovadas deste grupo, Miranda disse que foi a coisa mais sem graça do mundo.

Por último, a paraense Lenny Bellard trouxe o estilo de sua terra para o Ídolos e cantou “Isso É Calypso”. Foi um dos momentos mais engraçados, porque ela e Arnaldo já tinham um histórico nada amistoso no programa. Tanto que ele disse que estava tentando eliminá-la desde o início, mas que não havia conseguido. Arnaldo ainda completou: “Apesar disso, você merece estar aqui porque você tem as pernas mais bonitas da competição (risos)”, finalizou.

Agora é com o público brasileiro! Dessas oito feras, apenas as mais votadas seguem para o Top 12 do Ídolos nesta quinta (31).

Assista a todas as apresentações do Top 32

Nenhum comentário: