15/08/2007

Lembranças

Contrariando uma característica do meu signo - Leão - eu nunca gostei de ser o centro das atenções. Tenho aversão a tirar fotos, ser filmada, ficar em evidência.

Até hoje não consigo lidar bem com a timidez. Quando criança, aborreci muito a minha santa mãe, que era uma mulher fantástica. Em todos os meus aniversários ela e minha tia passavam noites em claro por causa dos preparativos da festa. Eu escolhia o bolo num livro enorme de bolos decorados que ela tinha e a festa girava em torno do motivo do bolo. O que eu mais gostei foi o que tinha uma piscina de gelatina com um trampolim. Ficou lindo!


Até que chegava o dia fatídico. Lembro-me que a chegada dos convidados era uma tortura para mim e eu me trancava no quarto, apesar dos pedidos insistentes da família toda para que eu saísse de lá. Mas eu sempre fui meio marrenta e só saía no final da festa, e me divertia prá valer e ficava com raiva por ter sido tão idiota, trancada lá no quarto. A festa sempre terminava com as promessas magoadas da minha mãe, de que aquele seria o último ano que eu ia ter festa. Mas no ano seguinte a saga se repetia, igualzinha!

Gente, minha mãe era como todas as mães! Como eu não sabia tocar piano para ELA me exibir para a parentada, ela me fazia vestir uma roupinha branca e dançar para as visitas, ao som de, pasmem, Oswaldo Nunes e seu ponto de macumba intitulado "Ogunhê". Procurei no Youtube, mas eu já tinha certeza que não ia achar, porque é uma coisa muito jurássica! Muitos de vocês não devem nem saber quem foi essa criatura, mas EU pagava esse mico sim! Nunca consegui perdoar minha mãe por essa vontade incontrolável - senão o couro comia - de exibir meus dotes artísticos...rs

Sim, hoje é meu niver. E eu juro que melhorei muito! Já não tenho pavor das comemorações, mas continuo odiando a hora do "parabéns". Coisinha mais chata, sô! Aquele povo ali batendo palmas, doido pra avançar no bolo e eu com cara de idiota sem saber onde enfiar a dita cuja.

Brincadeiras a parte, hoje celebro mais um ano de vida. Quero dividir com vocês todos essa vitória. Feliz aniversário para mim, sem fotos e sem bolo!!


Apesar do dia ser de festa para mim, eu não poderia deixar de comentar a seriedade da notícia envolvendo os brinquedos Mattel. Afinal, o Inmetro não é um órgão sério ou a Mattel mente?

Todos os brinquedos anunciados no recall da Mattel, nesta terça-feira, haviam sido aprovados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), de acordo com a fabricante.

Na segunda-feira, Zhang Shuhong, chefe de uma fábrica de brinquedos chinesa envolvida no recall da Mattel, enforcou-se. À frente da Lida Toy Company, ele foi encontrado morto na oficina da fábrica no sábado, segundo um diário chinês.

Os brinquedos chamados para o último recall incluem cerca de 7,3 milhões de Polly Pocket, Batman Magna, Doggie Daycare e Shonen Jump's One Piece, que contêm pequenos ímãs.

Por volta de 683 mil brinquedos das bonecas Barbie foram chamados para um recall por causa do risco de um ímã e cerca de 253 mil carros de brinquedo Pixar Sarge com chumbo na pintura também foram chamados para a inspeção.

O gerente geral da empresa no Brasil, Alejandro Rivas, disse que os brinquedos não estavam com defeito, mas que se trata de um aperfeiçoamento dos parâmetros de qualidade da Mattel.

Contudo, no ano passado, três crianças apresentaram problemas de saúde após terem engolidos imãs que se soltaram de brinquedos da linha Polly. Rivas disse que uma delas passou por cirurgia.

A Mattel afirma que complicações mais sérias ocorrem quando a criança engole mais que um imã. Isto pode causar a perfuração do intestino (então engolir apenas um imã é considerado seguro?).

São nossas crianças, mais uma vez, sendo vítimas do descaso e da ganância. Até quando?

Nenhum comentário: