03/10/2007

Quando ele é casado...

René Magritte, Os amantes, 1928

Envolver-se EMOCIONALMENTE com homem casado é pedir para sofrer. Quem entra neste tipo de relacionamento, querendo algo mais sério que uma aventura passageira, acaba sempre tendo que conviver com a dor da rejeição, aceitando que a outra é a titular.

E existem inúmeros fatores para ele não largar a esposa, como o relacionamento com a família, o apego aos filhos, as prestações da casa própria...

Pense bem, será que é tão fácil abrir mão disto tudo, ainda mais quando o cara tem uma amante à sua disposição, sempre pronta para aceitar e viver de acordo com sua rotina matrimonial? Claro que não!!!

Só que o principal motivo para ele não se divorciar é que se ele pode ter as duas! Sim, meu anjo, se mesmo vivendo de sobras você aceita a situação, como pode querer criticá-lo? Ou será que os seu motivos pra perpetuar esta sua vidinha são mais gloriosos que o dele? Ah, é claro que você pode dizer que o ama, e por isso sofre, e lambe seus pés, muitas vezes entrando em parafuso só de imaginá-lo te dando um pé na bunda! Vamos lá, tente ser bem honesta e me responda:

Quem dos dois está ferrando mais sua vida?? Claro que é VOCÊ!!!!

Claro que homens casados trocam as esposas pelas amantes. Mas esta decisão não leva uma eternidade. E olha, conheço uma porrada de mulheres, todas umas Marias Mijonas, com as mesmas histórias dramáticas, que estão há tanto tempo fornecendo marmitex para caras casados. Tenho uma amiga, a Rose, que começou a sair com um cara quando ele ainda estava namorando, ainda nos seus 18 aninhos. Pois bem, ele se casou e a levou junto!!! E quer coisa mais prática que essa?

E como é mais que natural, depois de quase nove (!!) anos liberando o playground para o carinha, tendo sofrido o inferno depois que levou um pé na bunda, ela chegou a conclusão de que nunca o amou!! Sim, o barato era tão louco que ela descobriu que estava presa mais por causa do medo da rejeição!

Faça da minha vida um inferno, mas não me chute de sua vida!

O casamento pode ser uma tremenda porcaria, mas se estiverem envolvidas questões financeiras as chances dele largar a esposa são infinitamente menores. Coisas como o financiamento de uma casa ou uma sociedade em um negócio, podem fazer com que os dois releguem seus problemas conjugais em favor de um patrimônio em comum!

E não precisa muito porque já vi homem chutar amante porque a moto estava no nome da esposa!! Oh, pobreza, meu Pai!!! Arrumar enrosco com moto-boy casado e ser trocada por uma 125cc!!??

Pode até ser eles nem saibam mais o que é ir para a cama juntos, que a esposa até aceite que ele tenha quantos casos quiser (e ela tenha os seus), mesmo assim ele não irá deixá-la com tanta facilidade. Claro, sociedades duram mais que casamentos e tem muito mais coisas em risco.

Homem adora inventar estórias para justificar suas infidelidades e fazer a cabeça de moçoilas iludidas. Tem homem que é tão cara de pau que ainda inventa a velha mentira de que a esposa é doente: "Quando ela estiver curada eu peço o divórcio, tá?"

Alguns usam o papo manjado de que a esposa não quer mais saber de sexo, que as coisas entre eles acabaram, por isso precisam de alguém mais sensível, assim como você, entende? Sim, a velha tática de colocar a culpa de sua infidelidade nas esposas ainda é bastante eficiente. E pode ver que a esposa é o cão chupando manga, que são ciumentas, briguentas, por isso precisam tanto de e etc e tal. Ou seja: elas são umas diabas e eles uns santinhos.

Mas que tal usar um pouco a cachola e raciocinar? Afinal, se elas fossem tão ruins assim, por que vivem ao lado delas? Por masoquismo? Não, meu amor, masoquismo é seu caso!

E sabe por que este tipo de papo furado funciona? Porque poucos são os que não conhecem a milenar competição feminina, que funciona que é uma belaza com mulherzinhas sem personalidade. E só pra ter idéia, conheço várias amantes que de tanto o traste criticar a titular, passam a odiá-las mortalmente. E o pior é que nunca tiveram sequer a chance de conhecê-las!

Não estou defendendo o casamento como algo sagrado, longe de mim fazer uma coisa desta. Só quero dar um toque para algumas mulheres que se envolvem neste tipo de relacionamento e depois descobrem que estão atoladas até o pescoço. Pra que ficar presa a um homem que nunca será seu completamente?

Já faz algum tempo que encontrei o blog de onde "surrupiei" o texto acima. Trata-se de uma revista sobre homens feita para as mulheres. Temas como "Cadê o fogo na cama?", "Homem não é Deus", "El comedor" e tantos outros, escritos com bom humor, tornam-se leituras agradáveis e divertidas. E o mais interessante de tudo é que são escritas por....UM HOMEM. Curiosos? Confiram aqui!

Nenhum comentário: