08/07/2008

Em boca calada...

Blogueiro russo é condenado a um ano de prisão por post na internet

Um russo que descreveu a polícia de sua cidade como "corja" em um post na internet foi condenado por "incitação ao ódio ou à hostilidade", Terentiev recebeu sentença de um ano de prisão na segunda-feira, de acordo com agências de notícias russas.

Savva Terentiev, de 28 anos, um músico de Syktyvkar, escreveu em seu blog no ano passado que a força policial local precisava ser melhorada por meio da queima de policiais na praça da cidade, duas vezes ao dia.

A sentença levou blogs russos a protestar por liberdade de expressão. Eles afirmam que a decisão pode criar um precedente perigoso quanto à liberdade na rede. "Trata-se de um veredicto absolutamente injustificado", afirma Alexander Verkhovsky, diretor da SOVA, organização não-governamental de Moscou que monitora o extremismo.

"O comentário de Savva era rude, mas esse veredicto significa que não se pode fazer comentários rudes sobre qualquer pessoa."

O post responsável pela condenação removido da Internet. O jornal russo "Kommersant" indica que o texto dizia que 'aqueles que se tornam policiais são "uma corja' e pedia que os policiais fossem queimados em uma fogueira.

Com o processo, Terentiev escreveu uma carta aberta ao presidente Dmitry Medvedev e se declarou inocente. "Não insuflei o ódio social contra o departamento de polícia ou seus funcionários", escreveu na carta.

Nenhum comentário: