17/03/2009

Cada dia quero menos ficar na casa!

Em entrevista concedida à revista Tititi, a filha de Naná apelou para uma pseudo mediunidade da mãe para fazer crer que ela tem poderes sobrenaturais que estariam fazendo dela uma candidata fortíssima a faturar o prêmio milionário: “dentro do BBB9, a sensibilidade e a espiritualidade elevadas fizeram de Naná uma concorrente ainda mais forte. Se ela usa a sua intuição para dar conselhos e até faturar prêmios paralelos (uma casa, celulares, um carro, um computador e outros), fora dela é uma esotérica de mão cheia: lê baralho cigano e passou a mediunidade para uma das suas filhas que é taróloga, numeróloga e terapeuta holística”. (Valha-me, meu Padim Cícero! Que enorme disparate! A mediunidade é absolutamente intransferível! Que apelação!).

Ainda, segundo a filha, “depois de aparecer tantas vezes lendo a mão dos colegas de confinamento e mostrar que tem um sexto sentido daqueles, a divertida vovó ganhou o apelido de Mãe Naná, e nas charges de Maurício Ricardo aparece como uma engraçada ciganinha. (Devo estar vendo outro BBB. Nunca vi tais leituras de mão, duvido de tal sexto sentido que não a faz perceber que só os “milagres numéricos” de Boninho impedirão de ser defenestrada hoje, tampouco vi apelidarem-na de “Mãe Nana”...)

O maior dislate da delirante reportagem é o que informa que, conforme os poderes sobrenaturais da filha taróloga de Naná, “a afinidade entre Ana e a mãe não nasceu do convívio no confinamento, elas foram grandes amigas em outras vidas, conheceram-se numa outra encarnação e eram íntimas, por isso tamanho carinho e a ligação espiritual entre elas. Acrescenta ainda outra enormidade delirante: as duas trabalharam juntas no século XIX, como profissionais da adivinhação, eram lindas ciganas.” (Ai, meus calos! Esta gente brinca com coisas sérias! Sou espírita convicta e já estudei muito a doutrina kardecista. É muito difícil, praticamente impossível, saber-se o que as pessoas foram em outras reencarnações, especialmente pelas vias do Tarô! Isto é charlatanismo rasteiro!)

Não vou continuar a transcrever os delírios destravados da talentosa e extraordinária taróloga, herdeira dos talentos da talentosa genitora! Espero que ela já tenha posto as cartas para a mãe e já tenha recebido informações do além sobre o destino da “Mãe Nana” no paredão de hoje. Afinal, as cartas não mentem jamais, segundo a crença popular. Prefiro transcrever uma das notícias do site do BBB9 sobre “Mãe Naná”: “a indicação de Joseane para o paredão mexeu não só com a cantora, como também abalou Naiá e Ana Carolina. A promotora de eventos chegou a ponto de declarar que não teria mais vontade de permanecer no programa. "Cada dia estou querendo ficar menos aqui dentro", desabafou Naiá para a Ana e Joseane.” (Oh! Minha santa e bondosa “Mãe Naná”! Que Deus a ouça e atenda ao seu desejo, livrando-a, hoje, dessa atormentada vida de enclausurada! Nossos padecentes ouvidos vão agradecer penhoradamente!)

“Naiá fez o comentário depois de Joseane contar a ela e a Ana Carolina sobre a conversa que teve com Priscila, quando a sul-mato-grossense foi devolver o biquíni de Maíra que havia pegado emprestado. "Tudo o que a gente fala aqui vira fofoca", comentou Joseane, dizendo também que achava que Milena tinha dito a Priscila que ela teria reclamado por causa do biquíni. A cantora ainda contou que Priscila teria dito que poderia usar a peça tanto quando ela por também ser amiga da sister eliminada, mas Ana Carolina logo discordou, dizendo que Joseane era mais amiga de Maíra que Priscila”. (Realmente, para quem abomina fofocas, maledicências e intrigas, como a comedida Mãe Naná, deve ser insuportável viver entre pessoas tão diferentes dela. Imaginem se a doce mãezinha soubesse o que Joseane diz dela, de Ana para as demais pessoas da casa!).

Nenhum comentário: