23/05/2009

Francine tem o poder!


Certas coisas me incomodam bastante. Aliás, me deixam perplexa. Já é rotina, após cada edição do BBB, que as participantes façam seus ensaios sensuais no Paparazzo e nas revistas Playboy e Vip. O povo masculino anseia pelas publicações e o povo feminino, formado em sua maioria de fãs, contribuem comprando revistas, para aumentar o faturamento das suas escolhidas.

Em tempo que até Elza Soares está disposta a posar nua, Francine continua sendo criticada. Até a brincadeira que foi amplamente feita durante o programa de que a Miss ABCD seria adepta da maconha - fato desmentido por ela - é motivo para crucificar Francine, como se, mesmo que fosse verdade, a moça não fosse merecedora de posar nua para uma revista masculina.

Falso moralismo, é o que eu penso. Não sou a favor da maconha, nem de qualquer droga, embora eu admire uma boa bebida e fume com mais frequencia do que gostaria. Mas não me importo quando o preço sobe, quando os produtos são taxados com mais impostos. Droga é droga e eu tenho que assumir as minhas escolhas.

Josi colocou silicone uma semana antes de posar para a revista. Se fosse Francine, coitada, estaria tentando consertar um grave defeito. Priscila lipoaspirou até a língua, mas...Priscila tem sex-appeal (?). E ainda nem fez revista nenhuma.

Por que Francine não pode ser exemplo de filha? Por que Francine não é digna de respeito? Pelo simples fato de muitos não gostarem dela? Isso não a faz menos digna, menos merecedora de ganhar seu dinheirinho usando o que Deus lhe deu. Em nenhum momento Fran disse que jamais posaria nua, como fez a Carol, do BBB7. Carol falou que não faria e fez. Nessas horas, o cachê fala mais alto, com certeza.

Torcer por esse ou aquele participante não é escravidão. Mesmo porque ninguém nos obriga a nada. Ninguém nos leva aos sites para ler notícias, para votar em enquetes, nem a comprar revistas. Não preciso nem tomar entorpecente para desejar o melhor para uma pessoa que eu acho merecedora - tanto quanto todas as outras - de ganhar seu milhão honestamente.

Vou tomar mais uma cerveja, consciente das minhas escolhas.

Nenhum comentário: