11/06/2009

Babi, querida...você se ferrou!


Estão dizendo por aí que a Record queimou o filme de Babi na edição de hoje. Não concordo. Babi se queimou sozinha, fazendo um papelão do qual talvez se envergonhe para o resto da vida.

Adorei aquela roda da verdade, onde Babi tentou convencer as pessoas de que era uma santa e foi maravilhosamente desmascarada por Samambaia e Danni Carlos.

E o Miro, hein? Entregou a ficante de bandeja! E ainda reproduziu a piada do Pedro, chamando-a de velha, vivida e inteligente. Imaturo e deselegante, pois não teve coragem de dizer com todas as letras que queria cair fora. Tentar ele tentou, mas o ego inflado de Babi não permitiu que a ficha caísse. Mas agora que Samambaia entregou o modelete, Babi com certeza irá indicar Jonathan para fazendeiro, caso ela saia mesmo no domingo. Quem mandou chamar a moça de planta?

E a edição continua perdendo tempo mostrando cenas do dia anterior, enquanto poderia enriquecer mais as edições diárias com novas informações. Hoje teve Theo reclamando que Danni faz suas tarefas com pressa pra poder voltar pra cama, depois confessou que se arrependeu de ter votado no Jonathan e cismou com Mirella. Conversou com as vacas, com uma panela, chorou no quarto, no banheiro, enfim, continua fazendo o jogo do maluco. Acho que nem Dr. Castanho dá jeito nele mais!

Além das loucuras do loiro, teve também o Miro querendo desistir do programa, Babi lendo salmos para ele (ó, Pai!). Teve também prova de encenações teatrais apaixonadas durante a tarde, onde o vencedor foi o Jonathan, que ganhou um jantar a luz de velas e convidou Danni para desfrutar do presente com ele.

Resumindo, já que a Record não libera o PPV, poderia pelo menos ocupar o tempo do programa diário com acontecimentos inéditos, e não ficar nos entupindo de replays desnecessários.

Nenhum comentário: