26/08/2009

Ana e Naiá tumultuam o lançamento da PB de Pri


A ex-BBB Priscila estava mais uma vez fazendo a alegria do povo, autografando “Playboys” em uma banca de jornal nas proximidades da Avenida Paulista, nesta quarta, 19, quando Ana Carolina e Naiá tentaram invadir o local com uma bandeira branca na mão. A lourinha chorona da nona edição do Big Brother Brasil, foi barrada sumariamente por Priscila Pires. “Queremos paz! Fala com a gente!”, gritaram as duas loiras, enquanto Pri atendia a uma fila de motoboys, executivos e estudantes que se aglomeravam na banca. Mas Priscila não queria papo com as ex-colegas de confinamento, e a segurança acabou barrando a entrada de Ana e Naiá. “Eu não matei, não roubei. Não tenho gripe suína!”, dizia Ana, por trás de barreira formada por um segurança, o dono da banca e seus dois filhos.


Com a bandeira branca na mão, Naiá ficava chamando o nome de Priscila sem parar. No início, a morena fingiu que nada acontecia e continuou autografando as revistas, sem ao menos olhar para cima. Mas Naiá, com o jeito persistente que marcou sua passagem pelo “BBB”, tanto fez que quase acertou Priscila com a bandeira. “O que eu previ pra você está acontecendo, viu? Só falta o bebê e o marido estrangeiro”, gritava Naiá, referindo-se às previsões de sucesso, dinheiro, marido estrangeiro e um filho, feitas pela sexagenária durante o BBB.

Vendo que não tinha como ignorar Naiá por muito tempo, Pri resolveu responder. Passou a mão na barriga e disse: “O bebê ainda vai demorar um pouco”. E continuou seus autógrafos. A loira comemorou: “Eu consegui! Ela falou comigo!”.

Com a confusão, formou-se um empurra-empurra no local. Era Ana para lá, Naiá para cá, fãs gritando, celulares a postos clicando. O marido de Naiá, o engenheiro Paulo Roberto, estressou-se com Junior, o dono da banca de jornal. “Você não empurra minha mulher não, hein, cara!”, gritou o maridão valente, já querendo partir para cima. Os dois só não brigaram de fato graças à turma do deixa-disso.

Cercada dentro da banca, Priscila parecia torcer para que a tarde de autógrafos/pesadelos terminasse. “Acho que tem pessoas que, em vez de trabalhar, ficam atrapalhando o trabalho dos outros”, disse ela, sobre as invasoras. Perguntada se Naiá e Ana estavam querendo se promover às suas custas, Pri deu de ombros. “Eu nem preciso dizer nada, né?”.O escândalo foi um horror, baixaria pura de quinta categoria. Que vontade de aparecer das estrelas do BBB9 em declínio, ainda em busca de alguns minutinhos de holofotes!!! Que vulgaridade, que comportamento lastimável das três e do marido de Naiá: todos nabos do mesmo saco.

Peraí, Ana chorolina não deveria estar na China representando Fernando de Noronha no concurso de Miss Beleza Internacional? O evento já aconteceu ou está acontecendo, pois já li uma notícia informando que uma brasileira (é morena e de outro estado) havia sido contemplada com um prêmio por ter sido eleita a mais simpática. Gorou o grande projeto da bela? Hehehehehe.

Nenhum comentário: