04/08/2009

Clima de tensão e desarmonia em No Limite


O passar dos dias não ameniza a tensão na tribo Taiba, que perderá um de seus participantes - Ronaldo ou Índia - no Portal da próxima quinta-feira. O estresse pela possível saída do jogo, aliado ao desgaste por causa das provas, fez com que um dos dois indicados se isolasse do grupo. Em um dos momentos, o participante foi até o rio e não segurou as lágrimas. Um companheiro de tribo viu a cena e foi até lá para consolá-lo.

O participante disse que se isolou por estar passando por um momento de confusão mental e que, por isso, não conseguiu controlar o choro. Na hora das refeições, os dois indicados ao Portal até trocaram algumas palavras. Sozinho, porém, um deles não perdeu a oportunidade de alfinetar o outro. É, a tensão promete rondar a tribo Taiba até o momento da eliminação.

Durante conversa com a tribo Taiba sobre o resultado da prova A Batalha, a baiana Índia faz um desabafo: “Isso é praga! Eu não gosto de futebol, eu não gosto de basquete, eu não gosto de vôlei, eu não suporto bola!”. A lutadora completa dizendo que “não sabe brincar de equipe” e que todos os seus esportes sempre foram individuais.

Entretanto, apesar da derrota na prova, o restante da tribo considera que a ajuda de Índia foi inestimável. A psicóloga Gabriela resume, gesticulando, as habilidades da colega de tribo: “De repente a Índia (vinha) igual a um monstro, tirava uma, tirava outra”, brinca, admirada. E a colega Denise arremata: “O forte da Índia era segurar a bola. Ela segurava tão forte que nem eu conseguia pegar.”

Ânimos quentes e sentimentos feridos. Mesmo sabendo que as visitas ao Portal são quase inevitáveis no jogo, os membros da tribo Taiba sentiram o desgaste emocional.
Ronaldo - o mais votado para a berlinda pelos companheiros - se disse surpreso com a indicação da líder Sandi, que escolheu Índia. A advogada, no entanto, deixou clara a sua intenção. "O meu objetivo e o do grupo é tirar o Ronaldo", declarou, explicando que por isso indicou uma participante que considera forte para disputar com o empresário a preferência do público.

A lutadora pareceu menos preocupada que Ronaldo. "Quando se entra num jogo é para ganhar e perder", disse. Mas reclamou da atitude do adversário, que teria lhe dado um abraço após a conversa em que soube que seria votado por ela e mais tarde reclamado para outros participantes sobre a decisão de Índia. "Ele foi falso comigo, porque me abraçou e em nenhum momento disse nada", destacou a baiana.

Agora, no entanto, Ronaldo não usa meias palavras. "Não há dúvida que criou-se uma rivalidade entre mim e a Índia", salientou. No dia seguinte ao Portal, conversando com um colega de equipe, Ronaldo desabafou, se dizendo excluído e que foi vítima de um complô, que considera covardia. Completou dizendo que vai dar o troco e declarou "guerra".

Uma das mulheres do grupo declarou que está impaciente com as “fofoquinhas que se repetem toda manhã”.

Nenhum comentário: