24/08/2009

Dado vence e "ressuscita"


Ressurreição. Assim pode-se definir a trajetória de Dado Dolabella no reality show "A Fazenda". O ator e cantor foi o grande vencedor do reality show e faturou R$ 1 milhão. Ele derrotou a amiga Danni Carlos por 83% dos votos neste domingo (23).

"Eu queria agradecer a minha família pelo apoio, especialmente nos momentos de problemas. Até agora não estou acreditando, está parecendo um sonho", disse o vencedor, após a divulgação do resultado.

O programa final, transmitido ao vivo pela Record, teve a participação de todos os eliminados do programa. Além disso, uma platéia de "fãs" contratadas pela produção pôde acompanhar apresentações do ex-peão Pedro Leonardo com o primo Thiago. Teve até palhinha de Carlinhos "Mendigo" com a dupla.

A conquista de Dado é a vitória do carisma do ator. Enquanto muitos o adoram, outros muitos também o detestam. Especialmente pela atribulada vida particular, recheada de escândalos e afins.

Desde o começo, ele era considerado um dos favoritos, ao lado da dupla Pedro Leonardo e Carlinhos. Mas a partir da sua primeira participação no "Tá na Roça", o galã começou a ganhar força. No total foram oito em 12 possíveis. Porém, retornou de todas as berlindas.

A trajetória de Dado foi marcada por uma tentativa do moço em mostrar uma face de bom menino. E não de bad boy que estampou as páginas policiais nos últimos meses. Mas não foi fácil, pois ele angariou inimigos dentro do programa. Brigas diversas com quase todos os participantes.

Vencer o reality show poderá dar um grande impulso à carreira de Dolabella. Basta que ele evite os escândalos. Só depende dele.

Sucesso

Apesar das críticas iniciais, não há como negar: "A Fazenda" terminou como um reality show de sucesso. O crescente Ibope é prova disso. Por diversas vezes, o programa bateu a Globo. Aos domingos, isso foi mais claro. O global "No Limite' foi derrotado diversas vezes.

A fórmula de reunir famosos também foi acertada. Mesmo com pessoas nem tão celebridades assim (quem era e quem é Miro Moreira, por exemplo?), o programa ganhou interesse do público graças a rostos conhecidos. Obviamente as brigas foram um dos principais combustíveis do reality show. E elas destacaram, além de Dado, Théo Becker. Desequilibrado, o pseudo ator foi, mesmo deixando o programa na terceira semana, o ícone de "A Fazenda".

O sucesso do programa vai esquentar a segunda edição, programada para começar em outubro. Britto Jr., que não embalou como apresentador, pode ser substituído por Rodrigo Faro. O que se espera agora é a confirmação dos novos fazendeiros. Que venha "A Fazenda 2".

(Fonte: MSN Entretenimento)

Nenhum comentário: