02/08/2009

A entrevista do pai de Michael Jackson

.
Em entrevista exclusiva para o programa Repórter Record ao repórter Roberto Cabrini em Las Vegas, Joe Jackson, pai de Michael Jackson, falou sobre a infância dos filhos, dinheiro e morte do rei do pop. O empresário insistiu em dizer que a relação com o filho era boa, mesmo o cantor dizendo que tinha medo do pai. "Ele foi criado como uma boa criança, ele foi bem criado", afirmou.

Sobre a relação dos irmãos com Michael, Joe deixou claro que não havia disputa entre eles e que sem ele, os filhos não se tornariam nos Jackson 5. "Os outros não disputavam o vocal com Michael porque não podiam fazer o que ele fazia. Sem Joe, não existiriam os Jackson e eu tenho muito orgulho disso", disse.

Já quando o assunto foi a morte do astro, Joe disse que precisa descobrir o que levou seu filho à morte e culpa, indiretamente, o médico Conrad Murray. "Quando dá alguma coisa para alguém dormir, deve-se ficar lá ao lado para que ele acorde. O médico deu algo para ele dormir e ele não acordou nunca mais. Eu digo que foi erro, imperícia. Eu não posso deixar isso assim. Eu vou descobrir o que aconteceu com meu filho", afirmou.

Os shows que o astro faria em Londres também foram questionados por Cabrini. Segundo Joe, Jackson havia assinado contrato para dez apresentações e não para cinquenta como havia sido anunciado. "Meu filho me disse que eram dez e eu acredito nele", contou.

Sobre a herança que o cantor deixou para a mãe, renegando o pai no testamento, o empresário frisou que não se interessa por dinheiro. "Não, eu não ligo para isso. Ele deixou para a mãe. Isso não indica nada sobre nosso relacionamento. Eu conheço meu filho e muitas pessoas não nos conhecem, não sabem do nosso relacionamento", encerrou, sustentando que sua convivência com Michael era muito boa.

Ah, tá! (By Mirella), ele não liga pra dinheiro mas já está de olho no talento para cantar e dançar do tal rapaz que ele afirma ser filho de MJ, eu sonhei que ele aproveitou uma entrevista assim que o filho morreu para divulgar sua nova gravadora, eu não vi as declarações de MJ sobre a sua infancia e o pavor que tinha do pai.

Se eu tivesse um pai desse, também ia querer mudar de cor, de aparência, de voz, de sexo até! Só pra poder me esconder dele...

Nenhum comentário: