22/09/2009

Dia Mundial Sem Carro


Hoje, dia 22, a cidade do Rio adere à campanha do Dia Mundial sem Carro, uma iniciativa que já é um sucesso em grandes capitais do mundo e tem como objetivo estimular o uso do transporte público e de outras alternativas de locomoção, como a bicicleta e a caminhada em trajetos curtos.

Entre as ações previstas para o dia no Rio, a principal será a proibição, por meio de decreto, do estacionamento no quadrilátero que tem como limite a Rua Santa Luzia, a Avenida Presidente Antônio Carlos, a Rua da Assembleia e a Avenida Rio Branco, todas no Centro da cidade. Esse trecho concentra 510 vagas entre o Rio Rotativo e vagas oficiais.

No Buraco do Lume, também no Centro, haverá atividades culturais e educativas, sempre com o intuito de estimular a reflexão da população sobre o uso excessivo dos carros.

Nos prédios municipais, também será proibido o estacionamento de carros, com exceção apenas para os veículos operacionais. Serão sorteados passes de bicicletas públicas entre os servidores.
Ônibus vão operar com 100% da frota.

Como estímulo à adoção do tranporte público, o decreto da prefeitura que proibirá o estacionamento em áreas do Centro da cidade vai determinar que as empresas de ônibus operem com 100% de sua frota no dia 22.

Além disso, a SuperVia, o Metrô Rio e a Barcas S/A já se comprometeram a reduzir o intervalo das viagens no dia 22.

Já em Copacabana, na Zona Sul, será criada a Zona 30, onde ruas residenciais terão limite de velocidade reduzido a 30 km. O objetivo é proporcionar uma relação amigável entre motoristas, ciclistas e pedestres. A ciclofaixa da Rua Xavier da Silveira também será aperfeiçoada.

Segundo a prefeitura, na Região Metropolitana, apenas 3% dos deslocamentos são feitos por bicicleta, enquanto que em Copenhage, na Dinamarca, o número chega a 33%.

Todas as medidas foram anunciadas nesta terça-feira (15) no Palácio da Cidade, em Botafogo, na Zona Sul. O evento contou com a participação do secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, e o do secretário de Meio Ambiente, Carlos Alberto Muniz, que veio representando o prefeito Eduardo Paes, que está em Paris.

O Dia Mundial sem Carro vai mobilizar as secretarias de Meio Ambiente, Transportes, Ordem Pública, Saúde e Defesa Civil, Educação, Cultura, Esportes e Lazer, e Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida; além da CET-Rio e da Guarda Municipal. A iniciativa conta ainda com a parceria do Governo do Estado, do Institute for Transportation and Development Policy (ITDP), da ONG Transporte Ativo, da Fetranspor, SuperVia e Metrô Rio.

Minha opinião: tudo muito lindo, mas...bicicleta e caminhadas, com essa violência toda em que estamos vivendo? O Rio de Janeiro não é cidade do interior! Sem contar com o decreto proibindo o estacionamento no coração empresarial do RJ. Ainda bem que ainda estou com minha perninha imobilizada, para não ter que testemunhar o caos que vai virar a minha cidade, ainda que as empresas de ônibus operem com 100% da frota. Por falar nisso, eu acho que deveria haver um decreto para obrigar as empresas a operarem com 100% da frota todos os dias!! Faça-me o favor!

Nenhum comentário: