13/11/2009

E o sertanejo desistiu!


O programa ÍDOLOS 2009 exibido ao vivo na noite de 12 de novembro, inicialmente, teria como destaque a eliminação de um dos sete finalistas, conforme votação popular. Porém, não foi o que aconteceu. Os três candidatos menos votados - Priscila, Diego e Dani - já haviam formado a berlinda, sendo que, um deles deixaria o programa.

Minutos antes do apresentador Rodrigo Faro anunciar quem seria eliminado, o sertanejo Marcos Duarte pediu a palavra e, para espanto de todos (produção, jurados, finalistas, plateia e telespectadores) anunciou que, a partir daquele momento, estava deixando o reality show por vontade própria.

O fato - inédito na história do programa, inclusive em outros países - abalou a opinião dos admiradores do ÍDOLOS e, principalmente, dos fãs de Marcos Duarte que vinham votando e torcendo pela vitória dele. Na manhã seguinte ao seu desligamento voluntário do programa, Duarte conversou com a nossa redação e deu mais detalhes sobre sua decisão.

"Um dos motivos que me levou a deixar o programa foi o nervosismo. Para você subir ao palco, você tem que estar bem para poder fazer aquilo com o coração. E eu não estava bem. Tenho psoríase e, devido ao estresse, esse problema vai se agravando.", explicou o ex-candidato.

Muitos fãs duvidaram de que o desligamento do cearense do programa tivesse partido dele. Questionado sobre isso, Duarte foi claro e objetivo. "De maneira nenhuma houve qualquer pressão para a minha a saída, nem da produção, nem da direção, nem dos outros participantes. Eles respeitaram a minha decisão e eu agradeço a eles por isso."

De forma calma e transparente, ele continuou, "Sei que muitos queriam que eu tivesse mais presença de palco. Mas eu sou aquilo mesmo que todos viram durante o programa: aquele cara tímido que, creio eu, o público acabou gostando pela simplicidade e talvez pela voz, que deve estar em primeiro lugar. Eu acredito que devemos chegar até onde temos certeza de que estamos preparados. Eu cheguei ao limite do meu pontecial, senti que eu estava preparado até onde cheguei."

A decisão de deixar o programa não foi algo impensando para o ex-candidato. "Durante a fase Workshop, quando pensei em desistir, não tinha noção da proporção que a disputa iria tomar. Só estando lá dentro mesmo para sentir e saber como é quando o cerco vai se fechando. Tomar a decisão de deixar o programa - agora, na fase Concertos - já estava passando pela minha cabeça há cerca de uma semana".

Para o público que torceu pelo sucesso de Marcos Duarte, ele deixa a mensagem. "Quero agradecer muito a todos que acreditaram em mim e fizeram que com que eu permanecesse durante todo esse tempo no programa. Quero dizer também que o Marcos Duarte é aquele que todos viram no palco. Eu sou um cara simples, não sou egoísta, eu sou o que sou. Ouvi a voz do meu coração, e sei que muitas pessoas irão ter-me como exemplo, pois é muito difícil tomar uma decisão como a que eu tomei, pois acredito que eu até teria chegado entre três ou dois finalistas".

Vale ressaltar que, durante toda a entrevista, Marcos Duarte aparentava um semblante leve e tranquilo, como se tivesse tirado um fardo das costas. Após dar os depoimentos relatados acima, o ex-candidato do ÍDOLOS 2009 seguiu para o aeroporto, ansioso por voltar ao lar e rever seus parentes e amigos.

Acusado de ser o responsável pela desistencia do candidato a sertanejo, o empresário e jurado do Ídolos, Luiz Calainho, escreveu uma declaração comentando a saída do candidato Marcos Duarte, que abandonou o reality show na noite de ontem.

Calainho resolveu se pronunciar depois de especulações de que ele estaria pressionando Marcos para que ele saísse do programa. "Minhas críticas nunca foram direcionadas à pessoa dele, mas sim à sua disparidade técnica e artística com relação aos outros candidatos. Ontem ele provou ao Brasil que não estava nada confortável na competição." declarou.

"Ele não deseja ser um ídolo, esse não é o sonho dele. Aliás, desde a fase do teatro (portanto muito antes das minhas críticas) ele desejava deixar a competição ... Portanto Brasil, vamos apoiar quem DE FATO está em busca de um sonho e não quem, por ironia do destino, se vê, sem desejar, em uma competição de talentos." continuou.

O empresário colocou um ponto final na polêmica dizendo que com a saída de Marcos do programa, só se confirmou o que ele já vinha falando desde o começo da competição. "E por favor, não me venham com o texto '..Deixou a competição por pressão do Calainho ...' Deixou SIM, porque foi verdadeiro com ele mesmo. PONTO!".

Minha opinião: eu não tinha nada contra a PESSOA Marcos Duarte, mas como candidato a ídolo, ele estava muito aquém dos outros concorrentes e muitos que da competição saíram, talvez nem chegassem à grande final, mas mereciam muito mais do que ele permanecer um pouco mais.

Para Marcos Duarte, desejo sorte. É um cara humilde que tem um fã clube imenso. Já havia declarado que não se sentia confortável vendo tanta gente ser eliminada e ele continuar. Foi honesto consigo mesmo. Ganhou meu carinho e o meu respeito!

Nenhum comentário: