17/12/2009

A final de Ídolos e a quinta Roça

O carisma e romantismo das músicas cantadas por Saulo Roston durante toda sua trajetória no Ídolos 2009 o consagraram como grande vencedor do reality musical na madrugada desta quinta-feira (17), em São Paulo. Em meio a choros e abraços de agradecimento à produção do programa, o cantor mostrou ao Brasil que estudou muito no último ano para conquistar a vitória.

Isso porque o rapaz é veterano na competição. Em 2008 ele chegou ao top 30, mas a imaturidade artística apontada pelos jurados Marco Camargo, Paula Lima e Luiz Calainho influenciaram na escolha do público e seu percurso na competição foi breve.

O sonho de se tornar um grande cantor e ganhar o carinho do público fizeram o rapaz baixar a cabeça e voltar para casa com todas as críticas e o gostinho de "quero mais". Após avaliar seus passos, ele decidiu arriscar novamente e foi o único candidato remanescente de 2008 aprovado nesta temporada. "O segredo é ser insistente. Eu acho que quando a gente quer alguma coisa tem que fechar o olho e ir em frente", avaliou.

Foram 37 mil candidatos, um confronto de gente grande contra Diego Moraes na final -que chegou a ser comparado a Caetano Veloso pelos jurados- e a gagueira latente, que some quando ele canta, mas vem à tona quando se emociona. "Não consigo falar de tanta felicidade. É a emoção e a gagueira", brincou o rapaz em meio às lágrimas enquanto abraçava a equipe da emissora.

Embora tenha sido comparado a Caetano Veloso e apontado pelos jurados como o candidato mais preparado para encarar o mercado fonográfico, Diego Moraes não conseguiu vencer o carisma de Saulo Roston e ficou com o segundo lugar na final do Ídolos, disputada na madrugada desta quinta-feira (17), em São Paulo.

Mesmo com o excesso de elogios recebidos durante sua trajetória na competição, o rapaz não cantou vitória antes do tempo e diz não estar surpreso com a escolha do público. "O resultado não me surpreendeu porque eu concentrei minhas energias mais na felicidade que senti em encontrar a galera e participar desta festa grandiosa. Me senti muito lisonjeado e privilegiado por Deus em chegar até aqui. Esperar eu nunca espero nada porque eu vivo o momento presente. Estou muito feliz e vou continuar trabalhando", afirmou.

O rapaz aproveitou para tecer elogios ao ex-adversário. "O Saulo realmente é merecedor pela batalha e dedicação. Ele acorda cantando, almoça cantando, dorme cantando. Ele é realmente merecedor de tudo isso", disse.

Com o fim de sua trajetória no reality show, Diego se dedicará exclusivamente à gravação de seu disco com repertório de sua autoria e sonha em gravar com os ex-concorrentes do programa. "Seria legal poder gravar com a Thais Bonizzi, Dani Moraes, Taíssa de Araújo, Priscila Borges e Helen Lyu", comentou.


Vai ser uma delícia ver o Monge Xuxa ser defenestrado desse programa. 'Bora votar, minha gente!

Nenhum comentário: