12/04/2010

Esquisitices

Governo inglês determina tempo no trono do banheiro

Aquele tempinho a mais para relaxar no banheiro está proibido no escritório do governo estadual de West Midlands, sediado em Birmingham, centro-oeste da Inglaterra. Para poupar água e energia, as autoridades estabeleceram limite de dez minutos para os funcionários públicos usarem os sanitários estatais.

A medida deixou o ambiente irrespirável no trabalho. Os empregados não param de reclamar. É que foram instalados sensores e alarmes nos sanitários. Se a pessoa ultrapassar os dez minutos, ouvirá uma sirene insuportável. A luz apagará e ela ficará às escuras.

Para não serem pegos de calças curtas, os funcionários foram avisados com comunicados internos, e-mails e cartazes. Mesmo assim, a moçada da reflexão no toalete está bufando. São recorrentes as sessões de descarrego na hora do cafezinho, falando mal da chefia.

Peruana afirma estar grávida de boto cor de rosa

Reyna Yumbato Huamán, 28 anos, já esteve grávida outras vezes e tudo correu bem. Mas agora parece que algo está errado.

Ela reclama de dores intensas e não consegue dormir sem sonhar com o boto cor-de-rosa.

A peruana tem certeza que o enigmático animal é o pai de seu filho.

De acordo com a lenda amazônica, o boto, que vive nos rios da região, se transforma em um belo rapaz de noite e seduz as garotas. Ele as engravida antes de retornar ao rio.

Uma ginecologista do hospital de Loreto disse que a mulher foi tratada e passa bem, mas não engoliu esse papo de gravidez do boto.

Avó é presa por vender peixinho dourado

Pode parecer a coisa mais esquisita do mundo, mas, desde 2006, existe uma lei na Inglaterra que proíbe a venda de peixe vivo para menores de 16 anos de idade.

Mais esquisito ainda é que Joan Higgins, uma avó de 66 anos, foi detida porque fez justamente isso – vendeu um peixinho dourado para uma criança de 14 anos.

A tal criança foi enviada à loja pela polícia, que queria fazer um teste na loja de animais em que Higgins trabalha.

Ela foi multada em R$ 3 mil e, além disso, ela terá que usar uma tornozeleira com GPS, que vai monitorar sua movimentação 24 horas por dia e, por sete semanas, obedecerá a um toque de recolher.

Fonte: R7

4 comentários:

Odele Souza disse...

Oi amiga,

Monitorar o tempo das pessoas no banheiro?! Cada uma!

E muito esqisito também essa gravidez.De um boto cor de rosa...?
Duas esquisitices das grandes. Beijos e boa semana.

Arti, o Rico disse...

Poutz!

Moderar o tempo no banheiro é de últimaaaaaaaaaa!!!

Tenho um primo que seria expulso do país rsrsr

Bj!

Eva-Nat disse...

Mariquinha

Ontem, abriram as portas do hospício e soltaram as maluquetes todas na porta do meu blog, onde se encontraram com um bando de almas penadas que havia confundido a porta do inferno com a do Feminina e Plural. Menina foi uma festança!!! Eram Fernandetes, Maroquetes, Cacauetes , Prisciletes ensandecidas, porque não gostaram das minhas apreciações críticas às suas favoritas e dos elogios à Lia! Hehehehehe. Ó, Coitadas! Como meu sistema de comentários está preparado para encarar esse tipo de canalhice, acionei o moderador e fiquei só bloqueando, deletando e divertindo-me com as revoltadinhas. Glória, não dou mole com quem confunde democracia com anarquia. Nos meus blogs não tem essa de ser democrática com desaforadas. Nem perco meu tempo discutindo, explicando minhas razões para gente mal educada e agressiva.
Amiga, não faço questão de quantidade, faço questão de qualidade. Ainda ficaram cerca de 150 comentários de pessoas educadas e comedidas.

Valeu ter instalado o ECHO.

Amiga, irei para a praia de Buzios na sexta-feira. A dona da casa me ofereceu 15 dias naquele paraíso. Levarei o note book para atualizar os blogs. Preciso de pisar a areia, sair do calorão de Natal. A cidade me cansa. Gosto mesmo é da praia, do contato com a natureza..

Mariquinha disse...

Eva, divirta-se muito no seu recanto espiritual. Quem me dera eu pudesse tb!