05/11/2010

Edward Cullen e Bella Swan no Brasil

Fãs da saga Crepúsculo, podem comemorar. Kristen Stewart e Robert Pattinson já estão em solo brasileiro. Ainda não foram divulgadas informações sobre a chegada de Taylor Lautner, mas especula-se que ele estaria em outro voo.

Segundo informações da versão online do jornal carioca O Dia, a dupla de atores desembarcou no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro às 10h38 desta sexta-feira, dia 5. Os dois embarcaram em Houston, nos Estados Unidos, na noite anterior.

Kristen, Robert e Taylor viajaram para o país para conhecer as locações de Amanhecer. No quarto filme da saga Bella e Edward se casam e passam a lua de mel em uma ilha carioca.

Mais de cem fãs se espremem desde a manhã de sexta-feira em frente ao Copacabana Palace, na zona sul do Rio de Janeiro.

Alguns fãs que seguiram a dupla desde o aeroporto disseram que o desembarque foi feito na pista do aeroporto internacional Tom Jobim às 10h30, para evitar o assédio da imprensa e das pessoas que aguardavam.

A assessoria de imprensa do Copacabana Palace informou que os atores, juntos com produtores e empresários, chegaram às 11h40 no hotel. Para a frustração dos fãs, Pattinson e Kristen entraram pela porta lateral, na rua Rodolfo Dantas.

Sobre as gravações no Rio de Janeiro

O casario histórico de Paraty foi enfeitiçado, há duas semanas, pelo frisson que a chegada dos vampiros mais famosos da atualidade têm causado mundo afora. A excitação nas ruas centenárias só aumenta à medida em que desembarca - por enquanto ainda discretamente - a equipe de produção de Amanhecer.

O assédio do público é tanto que mixou, logo de início, o plano dos produtores de hospedar as estrelas e a equipe no Centro Histórico de Paraty. O motivo? Uma avaliação de segurança recomendou distância do burburinho da cidade, onde a horda de fãs que costuma se deslocar atrás dos atores poderia causar problema. É essa a explicação oficial na Pousada do Sandi para a desistência da equipe em alocar, na tradicional hospedaria, uma parte do elenco. 'Uma mulher da segurança do governo do estado esteve aqui e condenou a pousada, dizendo que eles não estariam seguros contra o assédio dos fãs', explica um funcionário.

Mansão no Mamanguá: A solução encontrada foi, então, hospedar Kristen Stewart e Robert Pattinson - que dão vida na tela a Bella Swan e Edward Cullen - e parte de seu séquito de cerca de 100 integrantes em casas bem fora do alcance da visão do público. Uma mansão no Saco do Mamanguá, onde também serão feitas as gravações, é o destino mais provável do casal protagonista. Ainda estão reservados quartos em quatro pousadas do Centro Histórico, que serão ocupados por auxiliares, técnicos de todo tipo e gente envolvida na produção das gravações brasileiras. A previsão é de que a maior parte da equipe chegue a partir desta sexta-feira. As gravações ocorreriam entre os dias 7 e 14.

A área onde vão ocorrer as gravações no Saco do Mamanguá já está, há dois dias, protegida por seguranças. Desde terça-feira três lanchas, com cinco seguranças cada, isola uma faixa de mar de 200 metros, contados a partir da areia, em frente à mansão. A casa escolhida para a lua-de-mel do casal vampiro é digna de cinema: 15 quartos, com amplas áreas envidraçadas - bem ao estilo da casa dos vampiros no primeiro filme - e integrada à natureza exuberante da região do Mamanguá.

Barco trazido de Fernando de Noronha: Foram mobilizadas cinco embarcações principais para a produção. Além das três lanchas - de 23, 40 e 41 pés - para transporte de equipamentos e segurança, foram reservados dois grandes catamarãs, de 60 e 75 pés. O maior deles, o gigantesco Enterprise, tem 10 cabines, cozinha industrial, área para bufet self-service e um pequeno terraço. O barco foi trazido de Fernando de Noronha, onde opera com expedições de mergulho recreativo, especialmente para as gravações.

É no Enterprise que parte da equipe ligada às gravações no Saco do Mamanguá deve passar a semana reservada para as cenas em Paraty. As gravações na cidade incluem ainda filmagens em uma das cachoeiras da região. Os produtores escolheram a Cachoeira de Iriri, no bairro Taquari, a cerca de meia hora de carro entre Paraty e Angra, como cenário.

A corrida dos fãs a Paraty: ainda que os deslocamentos, datas e detalhes sejam mantidos em segredo - começou desde o início da semana. As pousadas envolvidas na gravação tentam despistar estranhos hóspedes que tentam se informar sobre a presença de estrangeiros e equipes de filmagem antes de fazer a reserva.

Nenhum comentário: