03/05/2014

Aprendiz Celebridades - quarto episódio

O cantor Kid Vinil é demitido no quarto episódio de "Aprendiz Celebridades"
 
O formato do programa melhorou muito ontem. Foi mais ágil, sem a enrolação costumeira. A edição deu uma passada bem rápida pelo programa de terça e já partiu para o que de fato nos interessava: a prova das equipes. 
 
Fiquei em dúvida durante a execução da tarefa, que era fazer trocas sucessivas, saindo de um dedal até conseguir um produto final de maior valor. Eu tinha entendido, na terça-feira, que eles teriam que fazer trocas de produtos, e não poderia ter nenhum serviço agregado. Ao final, Justus explicou que não poderia ter serviço da equipe, como autógrafo, foto, etc.
 
Logo no início da prova, durante o plano de ação das equipes, percebemos o quanto o Nahim é egocêntrico. O cara se acha o melhor, o mais inteligente, o mais tudo e não aceita ser contrariado de forma alguma. Com certeza ele vai explodir a qualquer momento e já está desagradando a sua equipe, principalmente Cristiano.
 
No final, a equipe Next entregou uma campanha publicitária com Sabrina Sato, avaliada pela empresária da apresentadora, em  R$ 1 milhão. Já a equipe Fênix terminou a tarefa com um evento beneficente, com apresentação da Família Lima e da dupla Chitãozinho e Xororó, avaliado em R$ 646 mil.
 
Mas todo esse esforço e a exposição do cachê dos artistas envolvidos não serviu de nada. O apresentador penalizou  as duas equipes e anulou o valor do cachê dos artistas, pois, por ser um evento beneficente, esse cachê jamais seria cobrado. Apesar disso, a equipe Fênix venceu por ter negociado um evento com uma agência de publicidade, além do show. 
 
  
A final da sala de reunião contou com Cristiano, Nahim e Kid Vinil. Quando a gente pensava que Cristiano e Nahim iriam polarizar os votos, um dos conselheiros perguntou para Kid: "onde você estava nessa tarefa?". Pronto, foi o suficiente para lançar o holofote em cima do apático Kid Vinil, que não fez absolutamente nada durante essa tarefa.
 
 
Essa parte eu não entendi. Na primeira prova, o líder escolheu o participante com melhor desempenho para ganhar um prêmio, e Nahim escolheu a Andréa Nóbrega, que ganhou uma viagem ao Peru. Dessa vez, Justus premiou o líder da equipe vencedora, Amon Lima, com um voo acrobático em um avião caça da década de 40. Alguém entendeu qual foi o critério? Nem a diva Beth entendeu...
 
 
 

Nenhum comentário: