07/07/2008

Mais uma notícia triste...

Menino baleado durante tiroteio entre PMs e criminosos no Rio tem morte cerebral

O menino João Roberto Amaral, 3, que foi baleado na noite de domingo (6) durante perseguição da polícia a criminosos teve morte cerebral, informou o hospital Copa D'Or na manhã desta segunda-feira.

O menino estava no carro com a mãe, na Tijuca (zona norte), quando o veículo foi atingido pelos tiros. O menino foi baleado na cabeça.

A PM (Polícia Militar) admitiu que os tiros que atingiram João podem ter partido dos policiais que faziam a perseguição. Eles teriam confundido o carro da mãe da criança com o de supostos ladrões de carro. Os policiais que fizeram os disparos serão presos administrativamente enquanto o caso é investigado, de acordo com a corporação.

Segundo a 19ª Delegacia de Polícia (Tijuca), que investiga o crime, testemunhas afirmaram que os policiais só pararam atirar contra o carro onde estava a criança quando viram a mãe do menino. O automóvel tem cerca de 20 perfurações de balas.

O menino recebeu os primeiros atendimentos no hospital do Andaraí (zona norte), onde passou por cirurgia. Depois, foi transferido para o Copa D"Or, em Copacabana (zona sul).

***

O acaso acontece sem avisar. Sendo assim, viva cada dia intensamente, como se fosse o último.

A vida é curta demais para acordar de manhã com problemas, preocupações e mágoas desnecessárias.

Então seja gentil com as pessoas que te tratam bem, perdoe as que não o fazem, e acredite que tudo acontece por algum motivo. Se aparecer alguma oportunidade na sua frente, aproveite-a. Se ela mudar a sua vida, aceite.

Ninguém nunca disse que a vida seria fácil. Somente que ela valeria à pena!!!

Nenhum comentário: