10/03/2009

Briga toma conta da casa!

(Mais uma noite de discussões e barracos agita a madrugada. Nem é surpresa quem foi o pivô da confusão: Naiá, para variar. Quem se sentiu provocado? Flávio, claro! Nunca a mulher berrou tanto, parecia uma gralha histérica, sacudindo os braços, apontando o dedo para Flávio, beirando de um ataque de nervos. Originou a confusão um jogo da verdade realizado por Bial, com a participação de todos os confinados, apenas para o PPV.)

“Logo após o fim da edição da Globo, nesta segunda, o apresentador Pedro Bial continuou conversando com os participantes, e pediu que eles pegassem duas urnas. Delas, nomes eram sorteados, e Bial propunha temas para que um formulasse pergunta aos outros. Uma dessas perguntas foi o estopim de uma briga que envolveu todos os confinados. Ana Carolina perguntou a Naiá quem ela achava que combinava votos na casa. Naiá então disse a Bial que existe um pacto e que todos do antigo Lado B combinam votos. Em seguida, Bial perguntou a Naiá se o que havia entre ela e Ana também não configura pacto, e ela negou: "Eu gosto dela e acho que isso não é pacto".

Depois da saída do apresentador, Flávio confrontou a paulista sobre a diferença entre suas declarações ao vivo e no pay-per-view, já que antes do encontro com Bial, Flávio tinha conversado com Naiá sobre o assunto e ela tinha dito que acreditava quando ele afirmou que não havia combinação, declaração que fez também quando conversou com Francine, mas que desmentiu ao vivo ao afirmar categoricamente que todos combinavam voto. "Que bom saber que tudo o que te falei ontem não serviu pra nada", disse Flávio para Naiá. "Alguém está mentindo nessa história, ontem você disse que eu era o único que estava fora disso e agora me inclui no meio", disse o gaúcho, completando que falar isso durante o compacto do programa, transmito ao vivo pela Globo, era "maldade".

Flávio continuou argumentando dizendo que Naiá caiu em contradição durante a formação do paredão da semana passada, quando não deu a imunidade do anjo para a Ana e depois chorou com medo que a catarinense fosse eliminada. "Você chorou, falou que não vive sem Ana aqui dentro. Foram três milhões e meio de votos em um bloco. Você fez campanha ao vivo para o Ralf sair, chorou para o Brasil inteiro. Se eu estivesse lá fora, do jeito que eu respeito a minha avó, tinha me comovido e votado para o Ralf sair na hora. Evitaria o sofrimento dessa senhora", diz o gaúcho. O comentário de Flávio irritou Ana e Naiá. "Tu não entende a relação que a gente tem", disse Ana. Já Naiá disse que "não sabe fingir". "Eu ia mentir para o Bial dizendo que não estava sentindo nada? Você queria que eu não mostrasse o que estava sentindo? Eu jamais faria isso", questionou a sessentona.

"Não diz uma coisa e depois diz outra quando tem Bialzinho ao vivo", disse Flávio, detonando o bate-boca. "Isso que você faz ao vivo é maldade", declarou, acrescentando sua insatisfação com o comportamento da paulista no paredão entre Ana e Ralf, quando Naiá deixou de imunizar Ana para imunizar Maíra, e depois chorou ao vivo dizendo que não suportaria a saída da catarinense. "O que fez foi três milhões e meio de votos que de repente mandaram o cara para casa. O que ela fez foi não te dar o anjo e fazer campanha para o Ralf ir embora, isso é maldade", disse o gaúcho para Ana e Naiá, antes de deixar a sala, dizendo que agora se reserva o direito de não acreditar da próxima vez que Naiá o olhar nos olhos e disser alguma coisa. "Você me apontou na cara que estou perseguindo a Ana, deixo claro que meu voto essa semana era em você, não era nela".

A discussão se espalhou entre todos, que continuaram conversando sobre o assunto com ânimos exaltados. Logo o rumo mudou para a suposta perseguição a Ana Carolina. Milena e Priscila continuaram conversando na sala com elas e reforçaram a posição de que não votam entre si porque se gostam e se dão melhor, e que não há perseguição à catarinense. Ana disse que o amor entre ela e Naiá é muito mais forte do que o que une os demais.

Maíra, outra emparedada da semana, disse que se sentiu injustiçada pelos argumentos do líder Max na hora que a indicou ao paredão. Na votação, o carioca disse que queria uma resposta do público e, por isso, iria testar Maíra no paredão. "Tinha que ser a Francine ou a Milena comigo. Como eles acham que a Ana é forte, me colocaram com ela para eu sair", disse a modelo. Para Maíra, Max a indicou para não se "queimar" com Naiá ou Josiane. "Ele acha que eu vou sair e vocês vão continuar na casa", afirmou. "Mas ele vai se ferrar, porque quem ficar vai fazer justiça", completou a BBB. Ainda durante a conversa, Maíra disse que a única maneira de Ana, Josy e Naiá escaparem de um paredão é se uma delas ganhar a liderança. "
.
(A dicussão continua entre Milene, Naiá e Ana, com os protestos sobre as acusações levianas de Naná e Ana de que elas ao roturarem o grupo B de perseguidores, estão fazendo a todos um mal irreparável, baseadas no imaginário delas, sem sustentação na realidade. Lembrando o caso de Alberto do BBB7, que ainda hoje sofre as represálias do público por ter sido estigmatizado como vilão e perseguidor, Milena perguntou se era isto que Naiá e Ana estavam desejando para ela, Max, Flávio, Francine e Priscila. Milena não perdeu a calma e disse tudo quanto deveria dizer, com classe e educadamente. Naiá findou baixando a voz, Ana continuou com os miados choromingas e Milena encerrou a conversa lindamente de peito lavado e com todos os pontos nos iis. Grande Milena! Maximizou geral diante da churumela Minimizada das duas louras aguadas!)
.
(da Folha Online TV GLOBO/Fabrício Mota 9/3/2009)

Nenhum comentário: