07/03/2009

Tio Max e Paparazzo do Oblíquo


Que Max é um cara estranho, lá isso é. Longe do modelo de homem bonito e cobiçado pelas mulheres, Max tem o seu charme e é muito estiloso.

Considerado o jogador mais estrategista da nona edição do programa, pode até levar o jogo a sério, mas antes de entrar na casa, o brother já fez muitas palhaçadas como o vídeo de "Aula de dança com o Tio Max". Com mais de 69 mil acessos, as imagens de Max ensinando a dançar já eram bastante visitadas no site "Youtube" antes do carioca entrar no reality show.

Max, que é artista plástico e faz miniaturas de personalidades, chamadas Minimins, já era conhecido por famosos como Cláudia Leitte, Sílvio Santos, Renata Sorrah, Laura Cardoso, Miguel Falabella, o cantor Gabriel O Pensador, entre outros que já foram moldados pelo carioca.

Segundo Tainá Ribeiro, que dividiu apartamento com Max em Irajá, Zona Norte do Rio, durante um ano e meio, em 2006, Max sempre foi divertido e gostava de brincar desenhando caricaturas de amigos e familiares. Porém, quando o assunto era mulheres, o brother sempre foi tímido.

"Quando tinha que dar idéia em alguém, a gente tinha praticamente que jogar a mulher em cima dele, de tão tímido.", contou a webdesigner, que ainda disse que Max sempre gostou de loiras com cara de boneca e nunca curtiu mulheres muito mais novas. Ao contrário das insinuações do apresentador Pedro Bial de que Max seria bissexual, Tainá desmentiu alegando que ele sempre gostou de mulheres, apesar da timidez, e que a tatuagem debaixo do número 12 seria a figura do Marvin, o Marciano e não o Piu-piu, como alegou Bial.

"O que tenho a dizer do Max é que ele sempre foi determinado. Passou maior perrengue para ficar no Rio e se dedicar ao trabalho com os Minimins. Apesar de estar declaradamente jogando no programa, ele é fiel e correto", afirmou a amiga, que confirmou a história que o brother contou na casa de que teria morado em um canil, num estúdio de tatuagem na Tijuca.

"Quando ele foi mandado embora do canil, eu o chamei para morar comigo em Irajá, já que ele não tinha pra onde ir. O que ele mais fazia em casa era se dedicar aos bonequinhos Minimins", finalizou.

(Fonte: Anabelly Pontes - O Dia Online)

Será que o Ricco não vai fazer Paparazzo?

Nenhum comentário: