01/10/2009

Alguém viu um cosplay por ai?

Você sabe o que é COSPLAY? Se você tem insônia como eu e assistiu ao Jornal da Globo de ontem, certamente viu a matéria. E já que essa semana andei postando coisas sobre pessoas esquisitas - Lady Gaga - vou continuar na mesma linha.

Na verdade, a idéia para o post foi da minha filha. Quando ela me perguntou se eu sabia o que era cosplay eu achei que ela estava falando sobre Coldplay, a banda de rock inglesa. Daí ela disse: 'nãããããããoooooo, mãeeeeeeeee! É cosplay; joga no Google!' Eu, que voltei ao trabalho e ando ocupada demais cultivando minha horta virtual, ordenhando vacas virtuais, colhendo ovos virtuais de galinhas igualmente virtuais, e etc virtual, já fui logo reclamando da sugestão dela de abrir outra página pra acessar o Google: 'Filha, deixa de economia e fala logo pra mamãe o que é cosplay'.


'Mas mãe, se eu falar, você não vai entender...' Pensei: 'eu sei quem é Lady Gaga, como não vou saber o que é cosplay?' E já fui logo me orgulhando da minha memória: 'claro que sei, filha! São aquelas pessoas esquisitas, que vestem roupas esquisitas de videogame e vão à festas esquisitas'. Bingo!

- 'Mariquinha, não enrola! Desembucha logo o que é cosplay, raios!'


Pô, eu já ia falar...Cosplay é abreviação de costume play ou ainda costume roleplay (ambos do inglês) que podem traduzir-se por "jogo de disfarces" ou "jogo de fantasias", ou ainda "jogo de trajes", e refere-se à atividade lúdica praticada principalmente (porém não exclusivamente) por jovens. Consiste em disfarçar-se ou fantasiar-se de algum personagem real ou ficcional, concreto ou abstrato, como, por exemplo, animes, mangás, comics, videojogos ou ainda de grupos musicais — acompanhado da tentativa de interpretá-los na medida do possível. Os participantes (ou jogadores) dessa atividade chamam-se, por isso, cosplayers.


Achou esquisito? Pois essa prática começou lá no Japão em 1970 (vixe, tem é tempo!) e originariamente ligava-se a personagens de quadrinhos. Com o passar do tempo, contudo, foi-se tornando uma tradição e um hábito que se espalhou por todos os tipos de convenções, a envolver séries ou personagens, principalmente as de Jornada nas estrelas (Star Trek) e Guerra nas estrelas (Star Wars), no qual as pessoas fantasiadas tornaram-se atração principal, em concursos de fantasia e interpretações de cenas dos filmes ou episódios, o que permitia revelar talentos de nivel profissional.

Alguns cosplayers chegam a gastar entre R$ 100,00 e R$ 1.000,00, às vezes mais, em roupas e acessórios, e levam a coisa a sério. Um passatempo como outro qualquer, porém com a singularidade de permitir o participante tornar-se seu personagem favorito por um dia (eu, hein, Rosa!)

Portanto, se você tem uma boa dose de loucura, é desinibido, não se preocupa com o que vão pensar de você e tem aquela super ideia para a roupa do seu personagem preferido - pode ser de anime, filme, livro - se jogue, sem preconceitos. Em cosplay vale tudo, ou quase tudo.


Nenhum comentário: