19/01/2011

Quando começa o BBB12?

E o que se desenhava nas enquetes acabou se confirmando. Ariadna, a primeira transexual a participar de um reality show, foi eliminada no primeiro paredão do BBB11. Saída explicada pelo discurso perfeito de Pedro Bial, que sacudiu - ou tentou - os brothers para a realidade do jogo. Verdade, transparencia, honestidade. É isso que o público espera dos participantes. Ninguém quer ver cópia de outros vencedores, nem quer ver ninguém se escondendo em um vaso de planta.

Não sei o que eliminou Ariadna. Não sei se foi o fato de ser transexual, não sei se foi preconceito arraigado em nossa cultura, não sei se foi punição por não ter contado para os rapazes, não sei de nada. Só sei que foi prematura a sua saída. O jogo perde sua principal peça até então. Se ela ia ser boa ou má jogadora, jamais saberemos. Mas, dentre os três desse paredão, ela foi a que mais deu a cara a bater.


"Eu quero aproveitar essa oportunidade pra falar com todos vocês.

Pra alguns o que eu vou dizer vai servir como carapuça, não pra todos. Pra saber se a carapuça lhe serve ou não é preciso ser honesto. Ser honesto consigo mesmo é uma parte perigosíssima desse jogo.

Mesmo que minhas palavras valham mais pra alguns, elas valem para todos.


Porque saber ouvir é uma parte dificultosíssima desse jogo.


Tô meio engasgado sabe?! Ou talvez vocês é que precisem de uma sacudida forte. Pelo colarinho, pra rimar com carinho. Não é que vocês queiram varrer tudo pra debaixo do tapete, se pudessem vocês viveriam debaixo do tapete. Vieram aqui se exibir e até agora são só exibidos se escondendo.


Muitas vezes, claro, sob o pretexto de que é um jogo. Meus amores, sim é um jogo, mas não é baralho, caramba! É o jogo do coração, das razões que a razão desconhece, dos afetos que jogam com a gente, jogam a gente de encontro com a gente. É um jogo em que vocês são jogados, o jogo do descontrole, da entrega, o jogo que requer imaginação, fantasia, vida interior, riqueza de espírito, reinvenção, invenção, descoberta, revelação. Conto de fada e fábula contemporânea, o que é uma parte divertidíssima do jogo.


Jogo que vai além da vaidade de ostentar sua força, exige a coragem de mostrar sua fragilidade.


É tentar chegar perto do que a gente é mesmo, ou foi, ou quis ser, ou seria ou será.


Eu quero dizer, quero perguntar pra cada um de vocês assim de pertinho: cade minha moleca? Cade meu garoto? Qual é? Vocês aprontam, fazem e acontecem na vida, correm todos os riscos. Vivem ou tentam viver sua diferença, se distinguem e se destacam a ponto, a ponto de chegarem até aqui, à seleção do Big Brother Brasil e aí vão ficar falando de papai e mamãe?! Que tão vendo e tal, falando dos Big Brothers passados?! Mudando de assunto?! Dando tempo ao tempo?! Dando todo tipo de desculpa pra viver o seu Big Brother?! O Big Brother a ser feito e sofrido por vocês?!


Por mais difícil que tenha sido o início deste e foi, foi muito difícil. Vocês vão entender hoje que a cada eliminação...esta primeira do 11 então, nem se fala! A cada eliminação é um restart, um recomeço. Vocês tem motivos pra desconfiança. Quando a gente sonha dormindo, às vezes a gente não desconfia: será que é um sonho? Pois é, no sonho do BBB a gente também se belisca às vezes.


Pois eu garanto, não só é um sonho mesmo como chega sim a hora de acordar.


Agora, por exemplo, neste momento, chega ao fim um dos sonhos mais ousados, mais loucos que o Big Brother já abrigou. Uma fábula do século XXI.


Vem pequena sereia, vem Ariel, Ariadne."


(Bial)


Uma pena.

9 comentários:

Gi @ambulatoriotv disse...

e lá vamos nós cobrir mais uma casa de repouso repleta de samambaias

Maria Tereza Cichelli disse...

bom dia,

fiquei mal... ñ sei se ela merecia o prêmio final, mas com toda certeza ela merecia mais do que lhe foi dado... uma semana de BBB foi muito pouco pra quem ainda tinha muito pra contar e quem sabe encantar...

beijos

Mariquinha disse...

Gi, espero sinceramente que o povo acorde pro jogo com a bronca do Bial. Chega de gente tentando reeditar sucessos passados, né?

Mariquinha disse...

Maria Tereza, na verdade, ela nem mesmo teve tempo de mostrar se merecia ou não. Nunca saberemos.

Vaca Mòór disse...

É dose, que balde de água fria Mariquinha. Ariadna perder para...Janaina ??!!! Tá difícil continuar comentando.:-(

Melissa disse...

Como eu faço pra cancelar meu PPV? Óóóóóódeo (sic) mortal deste paredão e da permanência desta samambaia "Janaína do Mar" na casa. *Grrrrrr*
Ok, não cancelarei meu PPV, mas q eu me desmotivei muuuito pra continuar assistindo a este programa, q já estava meio chato, ah, isso com certeza!
E pro @Bolinho Cadê a manipulação de votos quando mais precisamos dela? ;)
Beijosss!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Mariquinha disse...

Ai,gente, q preguiça desse BBB....

Anônimo disse...

Caríssima, "dificultosíssima" é uma palavra que não existe em língua nenhuma. Nem consegui continuar a ler.