22/05/2007

Meu reino por um furo de reportagem

Definição de Indiscricao: s.f. Falta de discrição; revelação de um segredo. / Ação, palavra indiscreta: cometer indiscrições. / Bisbilhotice.



O desejo de saber é intrínseco à natureza humana e não há homem algum completamente desprovido de curiosidade.

Um dos grandes atrativos da mídia é justamente a indiscrição. De algum modo as câmeras são sempre indiscretas; não tanto por recolher imagens proibidas, mas por captar elementos paralelos que podem dar um outro sentido à notícia. O semblante, o tom de voz, a forma como uma figura pública presta declarações aos órgãos de comunicação, podem revelar mais do que aquilo que é dito. É neste mais que reside a indiscrição. Naturalmente que a câmera só filma o que está lá, mas a forma como o filma é a de revelar pormenores que alteram o significado do que é filmado.


"A vida sexual alheia, o mau hálito do meu inimigo, a sarna secreta de um conhecido, a falha dentária da musa do telejornal, tudo é matéria do meu interesse. Eu, pedante contumaz, aprendiz de literato, acredito que a base de toda a literatura, e , por conseguinte, de todas as demais artes, é mesmo o fuxico, a curiosidade patológica sobre os detalhes sobre tudo e qualquer coisa que nos cerca.Por que fazer um poema sobre um pôr do sol ou sobre o canto do bem-te-vi, se se pode construir uma epopéia sobre a suposta infidelidade da mulher de Ulisses?A arte é a prova absoluta que só o fuxico e a indiscrição produzem maravilhas na história da humanidade." (Fabrício Gonçalves - estudante de jornalismo)

Como bem se sabe, o princípio constitucional de que "é livre a expressão da atividade intelectual", contida na regra acima citada, não tem o sentido absoluto. Tanto é assim que em seguida, no inciso X do mesmo art. 5o, a própria Constituição trata de relativizá-lo, ao estabelecer este outro princípio, que, em muitos casos, pode se contrapor àquele: "são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas (...)". Como conciliar os dois princípios?

Recentementeo cantor e compositor Roberto Carlos impediu judicialmente a comercialização de sua biografia. Muitos contestam a proibição, pelo fato do cantor ser uma pessoa pública e, como tal, não poder opor-se à divulgação comercializada do livro. Por esta ótica, ter-se-ia de concluir que todo aquele que tenha de ficar diuturnamente exposto ao público, por profissão ou qualquer outro motivo, não seria beneficiário da proteção constitucional, o que seria um total absurdo.

A mídia tem nos dado inúmeros exemplos de indiscrição. Muitas cavadas pelos próprios personagens citados nas matérias. Um exemplo que me vêm logo à cabeça são as várias reportagens sobre as calcinhas de Luma de Oliveira. Entra carnaval, sai carnaval, lá está a peça, indiscretamente clicada pelos fotógrafos. Ontem li uma declaração de Zezé de Camargo que achei interessante: 'Quem anda na linha não teme fotos de celulares'. Nada mais verdadeiro!

E quando eu penso que a falta de cortesia, de educação e de discrição não vão mais me surpreender, encontro a seguinte notícia: 'Gritos, roxos e liderança: namorado de Lindsay Lohan diz que ela é um furacão na cama'. Sinceramente? Seria um elogio, se dito entre quatro paredes, para a pessoa diretamente interessada. Fora desse contexto, soa como oportunismo, estrelismo e total falta de cavalheirismo.




O homem indiscreto é pior que uma carta aberta, porque revela segredos, mesmo às pessoas que não os querem conhecer. (Chamfort)

Os indiscretos são mais perigosos do que os maus. (Diógenes Ferrara)


Dia do Abraço

Um abraço pode fazer toda a diferença no dia das pessoas e todo mundo deveria receber pelo menos um abraço carinhoso por dia! Sinta-se carinhosamente abraçado!

Nenhum comentário: